fbpx

Por que é importante contratar um seguro para seu equipamento fotográfico?

seguro para equipamento fotográfico

Muitas pessoas encaram o seguro do equipamento fotográfico como uma última etapa, após montar toda sua estrutura de trabalho.

O problema é que nesse meio tempo, vários imprevistos podem acontecer!

E, infelizmente, você pode se arrepender de não ter feito o seu seguro para máquina fotográfica a tempo.

Por isso, o seguro do equipamento fotográfico deve ser parte do planejamento da sua estrutura de trabalho.

E, nesse artigo, você vai entender um pouco melhor sobre por que é importante contratar um seguro para seu equipamento fotográfico e como fazê-lo. Vamos lá?

Por que contratar um seguro de equipamento fotográfico?

Hoje em dia, quando se compra um carro novo, é impensável sair de casa com o carro não segurado, não é mesmo?

E se você trabalha como fotógrafo e tem seus próprios equipamentos, saiba que não deve ser diferente com seu equipamento de trabalho. Afinal de contas, ele é sua fonte de renda, certo?

O costume de segurar equipamentos importantes, como os de fotografia ainda está se estabelecendo entre os brasileiros. Mas muita gente ainda não entende a importância disso.

Você pode pensar que não está correndo risco, ou pode adiar a contratação de um seguro. Mas é prudente contar com a sorte? A realidade atualmente é um pouco mais preocupante!

Existem diversas situações que colocam a segurança do seu equipamento fotográfico em risco. As principais são:

  •  Ensaios fotográficos ao ar livre, pois você pode ser vítima de um assalto.
  • Acidentes que envolvam  água ou queda do equipamento.
  • Furto do seu equipamento.

Por tudo isso, contratar um seguro para seu equipamento fotográfico é de extrema importância. Porque seu bem-estar e segurança financeira podem depender disso! 

Coberturas oferecidas pela maioria das seguradoras

O próximo passo após decidir fazer o seguro do seu equipamento fotográfico é entender como ele funciona. Os tipos de coberturas mais comuns encontradas para equipamentos fotográficos, são:

  • Contra danos físicos: ocasionados por acidente, incêndio e também queda de raio.
  • Contra roubo e/ou furto: quando o equipamento é subtraído sob ameaça direta ou após um arrombamento do local onde ele está guardado.
  • Contra danos elétricos: quando ocorrem oscilações de energia, curtos circuitos e descargas elétricas no local onde o equipamento está sendo utilizado.
  • Contra acidentes: quando ocorre algum acidente com seu equipamento, como queda do tripé, por exemplo.

A maioria dos seguros incluem também as lentes fotográficas que você utiliza, porém, é sempre bom confirmar com a sua corretora de seguros.
Outro item que pode ser interessante, é a cobertura internacional. Algumas empresas já oferecem essa cobertura inclusa no contrato básico, mas outras não.

Então, se você viaja bastante para o exterior levando seu equipamento fotográfico ou parte dele, é ideal adquirir esse tipo de cobertura.
Mas é preciso ter atenção, já que nem todos os danos e situações são cobertos pelas seguradoras. Exemplos de riscos e danos não cobertos pela maioria das seguradoras, são:

  • Furto simples, desaparecimento ou extravio do equipamento.
  • Danos decorrentes de mal-uso ou negligência do usuário.
  •  Furto, caso o equipamento esteja dentro de um veículo.

A melhor opção é pesquisar bem antes de contratar uma seguradora e ler com atenção o contrato de seguro do seu equipamento fotográfico.

O que é preciso para contratar um seguro para seu equipamento fotográfico?

Contratar um seguro para seu equipamento fotográfico é bem simples. Após escolher seu seguro, você só precisará dos seguintes documentos:

  • RG;
  • CPG;
  • Comprovante de Residência;
  • Nota fiscal de compra da sua câmera fotográfica e equipamento a ser segurado.

Algumas seguradoras conseguem determinar o valor do seu equipamento através de pesquisas de mercado, assim a nota fiscal se torna dispensável.

Porém, é uma prática ainda não difundida, por isso, a recomendação é que você guarde todos os documentos de compra de seus equipamentos.
Se a nota fiscal da sua câmera ou equipamento está em nome de terceiros, outra medida deve ser adotada. Nesse caso, você deve pedir ao antigo dono um documento que comprove que você adquiriu o produto.

Confira Nossas Opções De Seguro Para Equipamento Fotográfico

Viu como é fácil colocar seu equipamento fotográfico no seguro? Não adie mais essa etapa!

Confira agora mesmo nossas opções de seguro para equipamento fotográfico. Aqui na Lex Seguros, você já sabe: Nosso melhor plano é a sua segurança!

Deixe uma resposta

A Lex Corretora de Seguros comunica a todos seus clientes e parceiros que, em virtude do feriado municipal, não haverá expediente nesta quarta-feira (23/09/2020). Agradecemos a todos pela compreensão e parabenizamos essa cidade pelos seus 136 anos de história, dos quais, a Lex Seguros faz parte há 22 anos.
ajax-loader
Rolar para cima