fbpx

7 Mitos sobre a Previdência Privada

7 Mitos sobre a Previdência Privada

A Previdência é um investimento de longo prazo para auxiliar na sua aposentadoria e garantir o futuro da sua família.

Veja 7 mitos sobre a Previdência Privada que Lex preparou para você:

1 – É um investimento exclusivo para a aposentadoria

Quando se fala em plano de previdência privada, a primeira ideia que vem à cabeça é aposentadoria. Mas engana-se quem acha que esse é o único objetivo do produto.

Sim, é uma aplicação de longo prazo. Se a ideia da pessoa for aplicar para resgatar o dinheiro em breve, talvez existam outros investimentos mais adequados. “Mas longo prazo não significa aposentadoria, necessariamente.” É comum que pais, por exemplo, abram planos de previdência em nome dos filhos. Nesse caso, tomam conta da aplicação pelo filho até que ele complete 18 anos. Depois disso, o filho pode escolher se resgata o valor acumulado ou se assume os aportes.

2 – Você não pode parar de aplicar para o investimento, seja qual for a situação

Você tem um plano de previdência e faz aportes mensais nele, mas perdeu o emprego, por exemplo, e está com dificuldades para manter as aplicações. Isso pode acontecer com todo mundo, não é mesmo? Nesse caso, mantenha a calma: os planos de previdência permitem a suspensão temporária dos aportes a qualquer momento.⠀

❌ Isso não significa que o seu investimento vai deixar de rentabilizar. O plano permanece ativo, o saldo dos recursos já acumulados continua rendendo e novos aportes podem ser retomados a qualquer momento.⠀

Se você suspendeu suas contribuições mensais ao plano, por exemplo, mas ganhou uma renda extra, pode aportar esse valor no fundo para aumentar sua reserva previdenciária. Esses valores adicionais serão incorporados ao saldo acumulado anteriormente.⠀

3 – Só existe um tipo de plano

📌 Muitas pessoas costumam olhar para os planos de previdência privada como uma coisa só, mas existem dois tipos diferentes: o PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres) e o VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres).⠀

‼ A escolha entre um e outro é importante, pois você não poderá mudar depois que começar a investir.

O PGBL é indicado para quem utiliza o modelo completo de declaração do Imposto de Renda. Isso porque os aportes feitos nesse tipo de plano podem ser deduzidos da renda bruta tributável na declaração de IR anual, com limite de 12% .

😱 Isso significa que se a sua renda bruta tributável (salário e/ou aluguel, por exemplo) for de 100 mil reais, você pode deduzir da base de cálculo do IR até 12 mil reais que foram aplicados em um plano PGBL. Ou seja, a base de cálculo do imposto passa a ser de 88 mil reais.⠀

4 – A aplicação inicial é alta

📌 Quem deixa de aplicar em um plano de previdência privada pensando que o investimento inicial é alto, deve repensar essa decisão. Hoje em dia, existem no mercado planos com aplicação inicial mínima abaixo de 100 REAIS.⠀

💵 Como o dinheiro vai ter rentabilidade durante muitos anos e não há cobrança de imposto durante a fase de acumulação o montante sobre o qual os rendimentos incidem fica cada vez maior, no longo prazo o valor acumulado é significativo.

⚠ Isso não significa que a pessoa deve colocar sempre a mesma quantidade de dinheiro todos os meses no fundo. Os planos são flexíveis e a qualquer momento pode ser realizado contribuições extras. ⠀

👨🔬Se o objetivo do investimento no plano de previdência privada for a aposentadoria, o ideal é que sua renda nessa fase de recebimento represente ao menos 70% dos rendimentos auferidos ao final da vida laboral ou seja, pelo menos 70% do valor de seu último salário.

5 – Os planos de previdência são sempre conservador

📌 Não é porque a previdência privada lida com recursos que poderão ser usados para a aposentadoria das pessoas que os fundos irão sempre ter um perfil conservador. Existem opções mais tradicionais, que aplicam na renda fixa, por exemplo, e há alternativas mais arriscadas, com um percentual do patrimônio investido em ações.

É a própria pessoa que deverá escolher o perfil de fundo em que vai investir, e ela pode ir mudando isso ao longo da vida, através da portabilidade. Se você começar a investir cedo, pode arriscar um pouco mais. Quando estiver perto de se aposentar, pode escolher um fundo mais conservador.  ⠀

6 – Tenho que manter o investimento na mesma seguradora até o final

📌 Não, isso é um mito, não é porque o plano de previdência é um investimento de longo prazo que você está acorrentado a uma mesma seguradora para o resto da vida. Esse tipo de produto permite a portabilidade, parcial ou total, de sua reserva previdenciária para outro, ou outros, planos da mesma, ou de outra entidade.⠀

👀 Nesse caso, é sempre bom ficar de olho nas ofertas do mercado, em busca das melhores taxas de adm, rentabilidades e serviços. Segundo a Fenaprevi, a portabilidade deve ser solicitada à entidade administradora do plano para onde você deseja transferir os recursos de sua reserva previdenciária e esta instituição fica encarregada de comunicar a decisão para a empresa onde estão atualmente seus recursos.⠀

7 – Planos corporativos não vale a pena

☑ Os planos corporativos valem a pena sim! Eles são oferecidos pelas empresas e costumam ser bastante vantajosos e são uma das melhores opções de investimento para a aposentadoria.⠀


⠀ 📌 A principal vantagem dos planos corporativos é a contribuição que a empresa faz ao plano, muitas vezes equivalente ao aporte feito pelo funcionário. Ou seja, em alguns casos, se o funcionário colocar 150 reais no fundo, a empresa coloca mais 150 reais.⠀

 “Isso é excelente porque você está ampliando o saldo em sua aplicação sobre o qual você terá rendimento. Quanto maior ele for, mais elevada será a sua rentabilidade”, explica Bonfim, da Brasilprev.⠀

Como possuem incentivos fiscais e não têm fins lucrativos, todos os recursos aplicados e os rendimentos dos fundos de pensões são revertidos para o próprio fundo. Além disso, eles têm taxas de administração inferiores àquelas praticadas no mercado, já que elas são subsidiadas pelas empresas.

Estes foram os 7 Mitos sobre a Previdência Privada, gostou?

Para finalizar você sabia que na Lex você pode fazer uma consultoria grátis e descobrir um plano de Previdência Privada que melhor atenda as suas necessidades?

Aproveite solicite uma consultoria grátis com um de nossos especialistas simples e prático.

Deixe uma resposta

ajax-loader
Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: